Pra não sofrer tanto no calor!


A temperatura em Teresina já demonstra os sintomas do “b-r-o-bró”, tempo seco, muito calor e alguns problemas de saúde que podem vir nesse pacote.


Pra não deixar o clima piorar sua saúde e qualidade de vida, destacamos aqui algumas dicas que são um guia de sobrevivência pra quem estiver num lugar que também marque 40º diariamente.

ALIMENTAÇÃO
  • Muito cuidado na ingestão de líquidos, a recomendação regular para o ser humano é a ingestão de 2,0 a 2,5 litros, dependendo do tamanho corporal e da situação fisiológica do indivíduo;
  • Alimentos leves e de maior teor de água como: chás, frutas, picolés de frutas, abobrinha, alface, tomate, beterraba, entre outros;
  • Evite o consumo de bebidas diuréticas como café e refrigerante, caso consuma, lembre-se de contrabalancear o consumo de água. 



PELE
  • Caso se exponha bastante em locais abertos, procurar se abrigar em locais arejados e com sombra;
  • Usar todos os dias um protetor de fator 30 ou superior, com proteção contra UVA e UVB, reaplicando a cada duas ou três horas. A fotoproteção física com chapéus, óculos escuros e guarda-sóis também deve ser lembrada;
VIAS RESPIRATÓRIAS
  • Com o aumento da poeira, queimadas e baixa umidade do ar, é imprescindível o uso de umidificador de ar, uma bacia com água ou até uma toalha molhada, além de manter a casa sempre arejada;
  • Evitar ficar muito tempo em ambientes fechados e aglomerados também é uma boa dica neste período de extremo calor. 


COM AS CRIANÇAS
  • Lembrar de levar sempre uma garrafinha com água;
  • Roupas de material que respire melhor como o algodão favorecem a transpiração da criança e a regulação da temperatura corporal;
  • Boné, óculos, carrinho (para os bebês) e protetor solar recomendado pelo pediatra também são amigos inseparáveis dos pequenos. 
COM SEUS BICHINHOS
  • Intensifique o uso de produtos preventivos contra pulgas e carrapatos, pois é a época ideal para eles se reproduzirem;
  • Evite passear com seu amiguinho em horários muito quentes, e durante os passeios ofereça água fresca e um descanso no meio do percurso, se observar que ele está cansado. 
Lembramos que estas dicas são valiosas pro ano inteiro, até porque, a região possui clima com temperaturas mais elevadas e são cuidados que favorecem nossa saúde sempre.

Quer ficar de olho nas temperaturas, índices de umidades e outras informações relacionadas ao clima? Uma boa fonte é o site do ClimaTempo.

Deixe seu Comentário

Ame-se

Quantas vezes você parou para cuidar das pessoas ao seu redor? Correr para levar os filhos para o colégio, ajudar um amigo em dificuldade, resolver todos os problemas da casa... muitas vezes olhar para o outro é muito mais fácil do que cuidar de si.

O grande “problema” nessa questão é que não tem como você ajudar o próprio se não está bem. É preciso uma boa base para que possa sustentar toda uma construção. Então, que tal parar um pouco e olhar para você? É muito importante encontrar coisas que possam melhorar sua vida. A autoestima e saúde mental agradecem.

Saia sozinho:

Que tal ir ao cinema, teatro ou restaurante? Sentar naquele lugar preferido, comer suas guloseimas e aproveitar sua própria companhia é essencial para entender suas vontades.

Pare para meditar:


A meditação é uma forma de tranquilizar a mente e o corpo. Tire um tempo para ficar em paz e reduzir o estresse, a ansiedade e fortalecer o sistema nervoso. Depois desse momento de relaxamento, você conseguirá resolver suas questões com mais clareza.

Cuide de você:
Nem sempre da para sumir no fim de semana e fazer um SPA. Por isso vale a pena economizar e fazer um pacote de saúde e beleza. Massagem é uma ótima forma de relaxar.



Massagem Relaxante com Pedras Vulcânicas e Drenagem Linfática na São Ponciano Centro de Saúde & Estética. E depois, porque não mudar o visual? 

https://www.osmosqueteiros.com.br/4124
Corte, Revitalização da Cor e Escova no Werner Coiffeur. Um dia no salão pode fazer milagres para sua autoestima.

Exercite-se: 
O exercício está diretamente ligado com a liberação de endorfina, uma substância produzida pelo cérebro que tem uma potente ação analgésica e estimula a sensação de bem-estar, conforto, melhor estado de humor e alegria.



A dança é uma ótima forma de se exercitar, se divertir e ainda melhorar o humor. Cuide do corpo de forma divertida e ainda cuide da autoestima. 01 Mês de Dança do Ventre no Espaço Farah.



O importante é você encontrar o seu equilíbrio e aprender a se amar mais para, assim, espalhar o amor para outras pessoas. Comece agora a mudança na sua vida!

Deixe seu Comentário

Perdendo o medo da direção



Tirar a 1ª habilitação é o primeiro passo da vida a adulta (junto com pagar boletos). É uma forma de conquistar a sua liberdade, principalmente em cidades onde o transporte público não consegue satisfazer as suas necessidades de ir e vir.

Mas não é pegando o carro do pai e aprendendo a dirigir com os primos mais velhos que você vai conseguir sua carteira. É necessário escolher uma boa Auto Escola que possa lhe ensinar todas as regras de trânsito e de direção. Junto com sua carteira de motorista vem a responsabilidade no trânsito com você, seus passageiros e as pessoas ao redor.

Agora, se você já tem sua carteira e ainda assim não se sente seguro ao dirigir, podemos dar algumas dicas para que essa experiência não seja traumática:

Nada de pânico!
Você passou no Exame de Prática de Direção e está apto para dirigir. Parabéns! Agora é esquecer o medo, dirigir devagar e se manter na faixa da direita.

Verifique o trajeto



Você tá acostumado com trajetos a pé ou de transporte público, mas dirigindo é outra coisa. Antes de sair, verifique em quais caminhos vai passar, se são seguros ou não, se tem muito trânsito, se é ladeira ou se tem lugar para estacionar.

Subidas e Descidas 



Por falar em ladeira, tem os macetes para dirigir nelas. Na subida o carro precisa de força, senão não sobe. Então engata a segunda marcha, põe o pé no acelerador e vá na fé!. Já na descida, deixe o carro em uma marcha baixa e desça devagar. Se for preciso, utilize o freio para controlar a velocidade.

Carro morreu?
Respira, segura os pedais do freio e da embreagem bem fundo, coloca o carro em ponto morto, desliga, liga de novo, engata a primeira e vai embora. Sem estresse.



Agora, se você ainda nem começou o processo para tirar a carteira, que tal economizar? Comece a colocar seus planos em movimento! 1ª Carteira de Habilitação para Carros e Motos (AB), de R$1.400,00 por R$699,00 na Auto Escola Emplack!

Sucesso no seu novo momento da vida e, se beber, não dirija!

Deixe seu Comentário

Deixar o cigarro pra trás

No último dia 29 de Agosto, foi comemorado o Dia Nacional de Combate ao Fumo. Você sabia?

Agora uma informação que muitos nem imaginam: de 2008 pra cá, a população de ex-fumantes superou a de fumantes no Brasil. São mais de 25 milhões de brasileiros que adquiriram mais qualidade de vida ao terem abandonado o cigarro. 



Certamente isso é uma boa notícia. Por outro lado, não podemos esquecer que ainda temos 21 milhões de fumantes no país.

Como começa essa aproximação com o cigarro? E depois que eu já virei fumante, o que faço pra acabar? Hoje gostaríamos de destacar as orientações dadas pelo Inca em relação a 3 objetivos mais comuns:
  • Prevenção da iniciação - o esporte pode manter os jovens longe do tabaco pela preocupação em manter a boa saúde e por favorecer a socialização.
  • Apoio à cessação - a prática de atividade física é um aliado importante no processo da cessação do tabagismo.
  • Promoção de ambientes livres de fumaça do tabaco - disseminar a ideia de incoerência do uso de tabaco em locais utilizados para prática de esportes, assim como reforçar a implementação da legislação Nacional sobre ambientes livres de fumo (Lei12.547/11).
É importante lembrarmos também que o tabagismo é uma doença. A Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica o tabagismo como a dependência da droga nicotina, presente em qualquer derivado do tabaco, seja cigarro, cigarrilha, charuto, cachimbo, cigarro de palha, fumo de rolo ou narguilé.



O mais grave disso tudo é que apesar de por muito tempo o cigarro ter sido mais aceito socialmente, como símbolo do glamour, por conta do cinema, as substâncias presentes principalmente no cigarro industrializado (mas também no charuto, cachimbo, rapé, narguilé ou cigarro eletrônico) estão associadas a mais de 70 enfermidades. 

Entre elas, infarto, derrame, tuberculose, diabetes, catarata, artrite, desordens do sistema imunológico, problemas reprodutivos em homens e mulheres, além de diversos tipos de câncer.

Muitas dessas informações a maioria da população já sabe ou já ouviu falar. Que tal partirmos pra parte que muitos tem mais dificuldade? 


Se você conhece alguém ou você mesmo gostaria de parar de fumar, leia com atenção e comece a pensar numa etapa mais cheia de saúde da sua vida:
  1. Primeiro de tudo, peça ajuda: Algumas pessoas conseguem parar sozinhos, mas não tenha receio de procurar um médico, tomar medicamentos orientados por ele e participar de grupos de apoio. 
  2. Você é quem manda, engane seu corpo: se assim precisar, use produtos de reposição da nicotina. 
  3. Mude os hábitos que podem reforçar o vício: se tomar aquele café pode te dar ainda mais vontade, evite, se a vontade bater, tome água gelada, chupe uma bala ou procure orientação psicológica pra descobrir formas equilibradas de combater os momentos mais críticos. 
  4. Decidiu o Dia D para parar? De preferência, comece num dia mais tranquilo, faça uma lista de motivos que te fizeram parar, e leia sempre que precisar.
  5. Devagar e sempre (mas nem tanto): Se você fuma 10 cigarros por dia, fume 9 no 2º dia, 8 no 3º etc. Se você começa a fumar às 9h, tente começar cada dia uma hora mais tarde. Mas atenção: isso não deve levar mais que duas semanas.
  6. Não deixe a família/amigos de fora: Informe sobre a mudança e peça que eles não fumem perto de você, pelo menos na etapa inicial. A rede de apoio vale muito. 
Todo sacrifício pela sua saúde vale a pena, pense a longo prazo e multiplique os benefícios pra uma vida mais longa, mais saudável e mais feliz!

Fonte: Superinteressante e INCA

Deixe seu Comentário