Pra não sofrer tanto no calor!


A temperatura em Teresina já demonstra os sintomas do “b-r-o-bró”, tempo seco, muito calor e alguns problemas de saúde que podem vir nesse pacote.


Pra não deixar o clima piorar sua saúde e qualidade de vida, destacamos aqui algumas dicas que são um guia de sobrevivência pra quem estiver num lugar que também marque 40º diariamente.

ALIMENTAÇÃO
  • Muito cuidado na ingestão de líquidos, a recomendação regular para o ser humano é a ingestão de 2,0 a 2,5 litros, dependendo do tamanho corporal e da situação fisiológica do indivíduo;
  • Alimentos leves e de maior teor de água como: chás, frutas, picolés de frutas, abobrinha, alface, tomate, beterraba, entre outros;
  • Evite o consumo de bebidas diuréticas como café e refrigerante, caso consuma, lembre-se de contrabalancear o consumo de água. 



PELE
  • Caso se exponha bastante em locais abertos, procurar se abrigar em locais arejados e com sombra;
  • Usar todos os dias um protetor de fator 30 ou superior, com proteção contra UVA e UVB, reaplicando a cada duas ou três horas. A fotoproteção física com chapéus, óculos escuros e guarda-sóis também deve ser lembrada;
VIAS RESPIRATÓRIAS
  • Com o aumento da poeira, queimadas e baixa umidade do ar, é imprescindível o uso de umidificador de ar, uma bacia com água ou até uma toalha molhada, além de manter a casa sempre arejada;
  • Evitar ficar muito tempo em ambientes fechados e aglomerados também é uma boa dica neste período de extremo calor. 


COM AS CRIANÇAS
  • Lembrar de levar sempre uma garrafinha com água;
  • Roupas de material que respire melhor como o algodão favorecem a transpiração da criança e a regulação da temperatura corporal;
  • Boné, óculos, carrinho (para os bebês) e protetor solar recomendado pelo pediatra também são amigos inseparáveis dos pequenos. 
COM SEUS BICHINHOS
  • Intensifique o uso de produtos preventivos contra pulgas e carrapatos, pois é a época ideal para eles se reproduzirem;
  • Evite passear com seu amiguinho em horários muito quentes, e durante os passeios ofereça água fresca e um descanso no meio do percurso, se observar que ele está cansado. 
Lembramos que estas dicas são valiosas pro ano inteiro, até porque, a região possui clima com temperaturas mais elevadas e são cuidados que favorecem nossa saúde sempre.

Quer ficar de olho nas temperaturas, índices de umidades e outras informações relacionadas ao clima? Uma boa fonte é o site do ClimaTempo.

Deixe seu Comentário

Ame-se

Quantas vezes você parou para cuidar das pessoas ao seu redor? Correr para levar os filhos para o colégio, ajudar um amigo em dificuldade, resolver todos os problemas da casa... muitas vezes olhar para o outro é muito mais fácil do que cuidar de si.

O grande “problema” nessa questão é que não tem como você ajudar o próprio se não está bem. É preciso uma boa base para que possa sustentar toda uma construção. Então, que tal parar um pouco e olhar para você? É muito importante encontrar coisas que possam melhorar sua vida. A autoestima e saúde mental agradecem.

Saia sozinho:

Que tal ir ao cinema, teatro ou restaurante? Sentar naquele lugar preferido, comer suas guloseimas e aproveitar sua própria companhia é essencial para entender suas vontades.

Pare para meditar:


A meditação é uma forma de tranquilizar a mente e o corpo. Tire um tempo para ficar em paz e reduzir o estresse, a ansiedade e fortalecer o sistema nervoso. Depois desse momento de relaxamento, você conseguirá resolver suas questões com mais clareza.

Cuide de você:
Nem sempre da para sumir no fim de semana e fazer um SPA. Por isso vale a pena economizar e fazer um pacote de saúde e beleza. Massagem é uma ótima forma de relaxar.



Massagem Relaxante com Pedras Vulcânicas e Drenagem Linfática na São Ponciano Centro de Saúde & Estética. E depois, porque não mudar o visual? 

https://www.osmosqueteiros.com.br/4124
Corte, Revitalização da Cor e Escova no Werner Coiffeur. Um dia no salão pode fazer milagres para sua autoestima.

Exercite-se: 
O exercício está diretamente ligado com a liberação de endorfina, uma substância produzida pelo cérebro que tem uma potente ação analgésica e estimula a sensação de bem-estar, conforto, melhor estado de humor e alegria.



A dança é uma ótima forma de se exercitar, se divertir e ainda melhorar o humor. Cuide do corpo de forma divertida e ainda cuide da autoestima. 01 Mês de Dança do Ventre no Espaço Farah.



O importante é você encontrar o seu equilíbrio e aprender a se amar mais para, assim, espalhar o amor para outras pessoas. Comece agora a mudança na sua vida!

Deixe seu Comentário

Perdendo o medo da direção



Tirar a 1ª habilitação é o primeiro passo da vida a adulta (junto com pagar boletos). É uma forma de conquistar a sua liberdade, principalmente em cidades onde o transporte público não consegue satisfazer as suas necessidades de ir e vir.

Mas não é pegando o carro do pai e aprendendo a dirigir com os primos mais velhos que você vai conseguir sua carteira. É necessário escolher uma boa Auto Escola que possa lhe ensinar todas as regras de trânsito e de direção. Junto com sua carteira de motorista vem a responsabilidade no trânsito com você, seus passageiros e as pessoas ao redor.

Agora, se você já tem sua carteira e ainda assim não se sente seguro ao dirigir, podemos dar algumas dicas para que essa experiência não seja traumática:

Nada de pânico!
Você passou no Exame de Prática de Direção e está apto para dirigir. Parabéns! Agora é esquecer o medo, dirigir devagar e se manter na faixa da direita.

Verifique o trajeto



Você tá acostumado com trajetos a pé ou de transporte público, mas dirigindo é outra coisa. Antes de sair, verifique em quais caminhos vai passar, se são seguros ou não, se tem muito trânsito, se é ladeira ou se tem lugar para estacionar.

Subidas e Descidas 



Por falar em ladeira, tem os macetes para dirigir nelas. Na subida o carro precisa de força, senão não sobe. Então engata a segunda marcha, põe o pé no acelerador e vá na fé!. Já na descida, deixe o carro em uma marcha baixa e desça devagar. Se for preciso, utilize o freio para controlar a velocidade.

Carro morreu?
Respira, segura os pedais do freio e da embreagem bem fundo, coloca o carro em ponto morto, desliga, liga de novo, engata a primeira e vai embora. Sem estresse.



Agora, se você ainda nem começou o processo para tirar a carteira, que tal economizar? Comece a colocar seus planos em movimento! 1ª Carteira de Habilitação para Carros e Motos (AB), de R$1.400,00 por R$699,00 na Auto Escola Emplack!

Sucesso no seu novo momento da vida e, se beber, não dirija!

Deixe seu Comentário

Deixar o cigarro pra trás

No último dia 29 de Agosto, foi comemorado o Dia Nacional de Combate ao Fumo. Você sabia?

Agora uma informação que muitos nem imaginam: de 2008 pra cá, a população de ex-fumantes superou a de fumantes no Brasil. São mais de 25 milhões de brasileiros que adquiriram mais qualidade de vida ao terem abandonado o cigarro. 



Certamente isso é uma boa notícia. Por outro lado, não podemos esquecer que ainda temos 21 milhões de fumantes no país.

Como começa essa aproximação com o cigarro? E depois que eu já virei fumante, o que faço pra acabar? Hoje gostaríamos de destacar as orientações dadas pelo Inca em relação a 3 objetivos mais comuns:
  • Prevenção da iniciação - o esporte pode manter os jovens longe do tabaco pela preocupação em manter a boa saúde e por favorecer a socialização.
  • Apoio à cessação - a prática de atividade física é um aliado importante no processo da cessação do tabagismo.
  • Promoção de ambientes livres de fumaça do tabaco - disseminar a ideia de incoerência do uso de tabaco em locais utilizados para prática de esportes, assim como reforçar a implementação da legislação Nacional sobre ambientes livres de fumo (Lei12.547/11).
É importante lembrarmos também que o tabagismo é uma doença. A Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica o tabagismo como a dependência da droga nicotina, presente em qualquer derivado do tabaco, seja cigarro, cigarrilha, charuto, cachimbo, cigarro de palha, fumo de rolo ou narguilé.



O mais grave disso tudo é que apesar de por muito tempo o cigarro ter sido mais aceito socialmente, como símbolo do glamour, por conta do cinema, as substâncias presentes principalmente no cigarro industrializado (mas também no charuto, cachimbo, rapé, narguilé ou cigarro eletrônico) estão associadas a mais de 70 enfermidades. 

Entre elas, infarto, derrame, tuberculose, diabetes, catarata, artrite, desordens do sistema imunológico, problemas reprodutivos em homens e mulheres, além de diversos tipos de câncer.

Muitas dessas informações a maioria da população já sabe ou já ouviu falar. Que tal partirmos pra parte que muitos tem mais dificuldade? 


Se você conhece alguém ou você mesmo gostaria de parar de fumar, leia com atenção e comece a pensar numa etapa mais cheia de saúde da sua vida:
  1. Primeiro de tudo, peça ajuda: Algumas pessoas conseguem parar sozinhos, mas não tenha receio de procurar um médico, tomar medicamentos orientados por ele e participar de grupos de apoio. 
  2. Você é quem manda, engane seu corpo: se assim precisar, use produtos de reposição da nicotina. 
  3. Mude os hábitos que podem reforçar o vício: se tomar aquele café pode te dar ainda mais vontade, evite, se a vontade bater, tome água gelada, chupe uma bala ou procure orientação psicológica pra descobrir formas equilibradas de combater os momentos mais críticos. 
  4. Decidiu o Dia D para parar? De preferência, comece num dia mais tranquilo, faça uma lista de motivos que te fizeram parar, e leia sempre que precisar.
  5. Devagar e sempre (mas nem tanto): Se você fuma 10 cigarros por dia, fume 9 no 2º dia, 8 no 3º etc. Se você começa a fumar às 9h, tente começar cada dia uma hora mais tarde. Mas atenção: isso não deve levar mais que duas semanas.
  6. Não deixe a família/amigos de fora: Informe sobre a mudança e peça que eles não fumem perto de você, pelo menos na etapa inicial. A rede de apoio vale muito. 
Todo sacrifício pela sua saúde vale a pena, pense a longo prazo e multiplique os benefícios pra uma vida mais longa, mais saudável e mais feliz!

Fonte: Superinteressante e INCA

Deixe seu Comentário

Delícias de Teresina


Continuando as comemorações do aniversário de Teresina, vamos falar do nosso assunto preferido: comida! Nossa gastronomia é riquíssima, cheias de referências e usos de ingredientes da terra. O uso do milho, mandioca, macaxeira, foram herdados, por exemplo, dos indígenas. Mas também temos influencias portuguesas e africanas, como o interesse pela carne vermelha e frutas como bacuri e manga.

Alguns pratos são tão característicos que existem mesmo só na nossa cidade, como por exemplo, a bomba. Não, não é aquele doce, mas sim o nosso salgado recheado de presunto e queijo que faz muito sucesso nas escolas, faculdades, padarias, lanchonetes...

Ela surgiu nos anos 80, quando a as mãos habilidosas da dona Marlene Ferreira decidiu juntar massa com o recheio, empanou e colocou para fritar. O sucesso foi tanto no outro dia que se torno, até hoje, nosso salgado preferido.


E quem não quer economizar ainda mais? Na Empório Bella The tem bomba naquele preço delicioso! O salgado preferido do teresinense veio bem acompanhado nesta oferta! Bomba + Suco de laranja (copo) de R$ 11,50 por R$ 5,70!



Carne é uma delícia e a gente tem apreço. Aqui temos a tradicional carne de sol que, para ser bem conservada, é salgada e seca. Apesar do nome, em geral, não vai ao sol. E pra quem gosta, vai amar esta oferta: 400g de Carne de Sol + Baião de Dois + Macaxeira + Vinagrete + Farofa, de R$99,00 por R$49,50 no São João Restaurante – Aeroporto.



E se a gente falou de mandioca, claro que tem que falar do beiju! Essa iguaria nordestina que já sucesso no nosso café da manhã ou lanche. Com uma manteiguinha ou até com recheio, esse prato faz sucesso por onde passa. Agora junta o beiju com a carne de sol pra ver a perfeição que fica! Beiju de Carne de Sol com Queijo + com Capuccino Italiano (G) OU Chocolate com Chantily no Empório Bella The!



Quer aproveitar mais ainda nossos pratos? Que tal um Capote misturado com Arroz? Ou uma Tilápia frita (tira-gosto) acompanhado de farofa e vinagrete? Seja qual a preferência, você pode aproveitar os dois pratos do Titara Pesque Pague no nosso site!



Delícia mesmo é juntar a família e os amigos para comemorar mais um ano dessa nossa cidade menina linda, cheia de riquezas deliciosas. Parabéns, Teresina!

Deixe seu Comentário

Teresina que a gente conhece


Ontem a cidade de Teresina comemorou seus 166 Anos e a proposta do post de hoje é fazer você pensar na cidade sob outro olhar. Vamos lá?

Quando viajamos, geralmente buscamos mapas turísticos ou roteiros já conhecidos para que possamos conhecer os principais locais num período de tempo menor.

E sobre a cidade que moramos? Será que nossa relação com ela é próxima ou temos preguiça de sairmos da nossa região para olharmos além dos muros dos locais que sempre vamos?



Essa é a proposta de um projeto colaborativo chamado IN.SURGE, que reúne informações sobre cultura, lazer, esporte, saúde, transporte, educação, e outros temas. O interessante é que o mapa propõe para o morador de Teresina conhecer a cidade melhor, indo além do óbvio.

Você sabia que Teresina possui hoje 43 hortas comunitárias e é uma das poucas cidades do mundo que tem mais ou menos 243 hectares de hortas na área urbana?



A beleza da cidade também mora na história de cada pessoa, cada lugar preso na memória afetiva. Quem sabe naquele lugar que vende um cuscuz que ninguém mais faz, ou até mesmo numa rua com árvores bonitas.

Que locais da sua infância ou da sua vida adulta você colocaria num mapa para que outros teresinenses também pudessem descobrir?

O importante é lembrarmos que cuidar da cidade também é conhecer sobre ela, é procurar entender seus defeitos e mais ainda suas qualidades. 



Quem quiser saber mais sobre o mapa do IN.SURGE, pode clicar aqui e acessar.

Desejamos vida longa e próspera para Teresina e para nossos mosqueteiros teresinenses fizeram dessa cidade sua casa.


Deixe seu Comentário

Você vai ser pai!


“- Você vai ser pai!”

O que será que sente um homem ao ter essa notícia? É verdade que cada um reage de uma forma, dentro do seu contexto, da sua vivência de vida, da sua maturidade, entre outros fatores.


Dizem que a paternidade se torna real, forte de fato, quando o pai começa a ter a presença do bebê. Aquele primeiro olhar na maternidade, o primeiro toque, a mãozinha pequena segurando a dele.

O Paulo, nosso parceiro disse que “Ser pai foi o maior e melhor presente da minha vida, só depois de ser pai soube realmente o que é amar.”


Um mosqueteiro também falou na nossa página e disse que ser pai é "se transformar num homem melhor para seus filhos."

Outro mosqueteiro comentou pra gente que ser pai é "amar alguém da forma mais verdadeira e fazer sempre o melhor por aquele ser humano."

Não importa se você é um pai bem jovem, mais velho, com muitos filhos ou de primeira viagem, o que sempre vai prevalecer é sua presença, o amor e o carinho compartilhados.


Criar um vínculo de confiança, de admiração, auxiliar para que essa criaturinha cresça absorvendo o melhor de você, o melhor para que ela possa ser o que quiser.

Desejamos que para pais e filhos, que a relação seja sempre de confiança, de carinho, respeito e amor.


Feliz Dia a todos os pais, que abraçam com amor a caminhada que é ser pai.





Deixe seu Comentário

Agora vai!





Ei, você aí. Tá comendo aquele salgadinho da tarde? Comendo aquele hambúrguer saturado e tomando aquele refrigerante cheio de açúcar, mas jurando que segunda-feira tudo vai ser diferente? Que tal começar a mudar seus hábitos de agora e ter uma vida mais saudável?

A gente sabe que comer é uma delícia. A alimentação une pessoas, é um momento de confraternizar. E por que não fazer isso também cuidando da saúde? Não é apenas acrescentar frutas e legumes, mas entender o que pode fazer bem ao seu corpo e a sua saúde.



A fome, antes de ser uma resposta fisiológica, é comportamental. A ansiedade, a gula, respostas emocionais às situações do dia a dia podem trazer transtornos alimentarem que interferem diretamente na sua saúde.

Comer bem não é cortar o glúten, lactose, gordura, açúcar. É entender o que cada um desses itens faz e se ele é benéfico ou não para seu corpo. E como mudar a sua forma de se alimentar?



Ao invés de entrar em dietas loucas e “milagrosas”, cortar vários ingredientes que podem ser importantes para seu corpo, é preferível fazer boas escolhas. Escolha comer mais frutas, legumes, arroz, feijão. Evite alimentos processados, prefira os verdadeiros, de preferência feitos por você. Perceba o prazer em preparar se próprio alimento e conheça cada ingrediente. Hidrate-se, beba mais água e menos bebidas açucaradas.



Aos poucos, seguindo esses passos, você perceberá as mudanças acontecendo no seu corpo. O intestino funcionando, mais energia no dia a dia, menos dores musculares, diminuição do inchaço e até perda de peso. Seguir o caminho da alimentação saudável é a melhor forma de ter uma vida mais leve e longa!

Deixe seu Comentário

De volta às aulas!









As férias de julho estão acabando. Para os pais, um certo alívio, e para as crianças, um misto de tristeza e ansiedade para o novo semestre. Este período de pausa é muito importante para os alunos descansarem corpo e mente e se prepararem para novos desafios.

Para muitas pessoas o dia a dia na escola pode ser estressante e cansativo. Novas matérias, notas, apontamentos, a pressão de saber todo o assunto estudado... quando chegam as férias, precisam descansar. Mas, e na hora de voltar para a escola? Algumas pessoas tem o que chamam de “síndrome pós-férias”, que tem como sintomas tristeza, apatia, queda de rendimento, falta de concentração, ansiedade e irritabilidade, e pode atingir entre 5% a 8% das crianças.

Para evitar que a volta as aulas seja estressante para os filhos, os pais podem se prevenir com algumas ações:

Estabelecer novos horários: 


 Aos poucos retome aos horários de dormir e acordar na época das aulas. Assim a criança não vai sentir tanta dificuldade quando as aulas recomeçarem.

Revise os apontamentos: 




Tire uns dias para rever os cadernos, revisar os cálculos ou alguma matéria que tem maior dificuldade. Assim, já estará no ritmo para as aulas.

Não deixar tudo para a última hora: 



Adiante compra de material, fardamento e organização das coisas. A criança também pode participar do processo, evitando a ansiedade.

Reveja os amigos: 



Entre em contato com os amigos da escola do se filho para brincar e passear e assim quebrar um pouco o gelo do reencontro.

Com esses passos, a ansiedade da voltas as aulas diminuirá e a criança poderá ter um rendimento muito melhor.

Deixe seu Comentário

Exercício na melhor idade




Estamos no período da “melhor idade”. O número de brasileiros que passou dos 65 anos aumentou e isso significa que estamos cuidando mais da nossa saúde e alimentação. Nunca desejamos tanto fórmulas de viver por mais tempo como agora.

Mas, para ter uma vida saudável e longa, não é preciso muito segredo. A boa alimentação, os cuidados com a saúde e os exercícios físicos e mentais dão forma para nosso corpo, mente e alma.

E, muito mais que trazer saúde para os idosos, os exercícios físicos também trazem independência e ajudam a socializar, fazendo com que essa nova fase seja menos solitária. Entre os exercícios mais adequados, estão:

Alongamentos:

 Ajudam a prevenir lesões. Mesmo uma sequência simples é capaz de trabalhar todo o corpo. Para começar a se mexer ou antes de realizar uma atividade mais pesada, é importante acordar todo o corpo.

Caminhada:









É uma ótima atividade para começar a acelerar o metabolismo. Além disso, ajuda na queima calórica, no sistema circulatório e no respiratório a trabalharem de forma mais eficiente.

Musculação:



Ótimo exercício para fortalecer os músculos e recuperar movimentos que foram se perdendo com o passar do tempo. É importante ter acompanhamento de um profissional para evitar possíveis lesões.

Yoga, Pilates e Tai Chi Chuan:



Estas atividades são ótimas para a terceira idade pois permite que a evolução seja no seu ritmo. Além disso, também trabalha a saúde psicológica, a flexibilidade e o equilíbrio.



Antes de começar qualquer exercício, é muito importante que o idoso vá aos médicos e verifique se está pronto para começar a aumentar o seu ritmo do dia a dia. Depois disso, é só colocar uma roupa fresca, preparar sua garrafinha de água para se manter hidratado e começar a se mexer!

Deixe seu Comentário

Esse tal de Rock'n'Roll!
















Hoje, 13/07, é dia do rock. Este estilo musical que diz tanto sobre a cultura e a história do mundo. Mas, se várias vezes falamos do rock internacional por aqui, hoje é a vez dele, o rock nacional! E aproveite, este é um post cheio de links para você passar o dia cantando!

Muita gente acha que o rock nacional surgiu com Legião Urbana, Paralamas do Sucesso, Plebe Rude. Mas antes disso já se fazia um som bom. Celly Campello estourou nas rádios com os sucessos Banho de Lua e Estúpido Cupido, no começo da década de 1960.


Logo depois veio a Jovem Guarda com Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléa. Tudo isso com grande influência no rock dos anos 50 (Bill Haley, Elvis Presley, Chuck Berry e Little Richard).


A década de 70 chega com o som psicodélico dos Secos e Molhados e Raul Seixas. O Metamorfose Ambulante mudou a cabeça de muita gente e fez com que o som se tornasse ainda mais pesado. A década muda e as influências também. The Cure, Joy Division, The Smiths, The Beatles, Ramones... tudo isso deu força para que aparecesse Aborto Elétrico, Legião Urbana, Capital Inicial... tendo Brasília como um grande palco do rock'n'roll!

O tempo muda, os estilos também. Começam a surgir bandas influenciadas em outros estilos, como Raimundos, Charlie Brown Jr, Pato Fu... o som mais experimental, com base nos Ramones, Dead Kennedys, Red Hot Chili Peppers, The Police, entre outros.


E, se você quiser conhecer mais desse estilo animado e libertador, sugerimos algumas playlists:

Mulheres do Rock Nacional


Rock Nacional Brasileiro


Claro, isso é um super resumo do que foi e é o rock no nosso país. Faltou falar de Rita Lee, Os Mutantes, Sepultura, Nação Zumbi... mas, se você pode se aprofundar no tema, pode começar lendo os seguintes livros: Brock: o rock brasileiro dos anos 80 de Arthur Dapieve, Histórias secretas do rock brasileiro de Nélio Rodrigues, e Breve história do rock brasileiro de Ayrton Mugnaini Junior.

Então, prepare o fone de ouvido, dê play na sua música preferida e comemore esta data!

Deixe seu Comentário

Brincando nas férias!

Julho chegou e para muitos é um mês de sufoco. As crianças cheias de energia para gastar e os pais precisam de muita criatividade para entreter os pequenos.

Brinquedos podem ser uma boa sugestão, mas não podem ser a única fonte de diversão. Que tal criar um mundo de fantasias e criatividade? Quando você cria outras brincadeiras, passa mais tempo com a criança e ainda tem a possibilidade de enchê-lo de carinho!

Uma boa forma de diversão é invenção de histórias. Junte os filhos e amiguinhos para esta brincadeira. Você começa com um possível cenário e passa a sugestão para a criança dar continuidade a história. Cada um conta um pedaço dela, de acordo com sua imaginação!

Continuando a roda, você pode passar para o telefone sem fio. Você diz uma frase baixinho no ouvido da criança ao lado, que terá de repetir a frase no ouvido da próxima pessoa. A frase deve ser falada uma vez só, não vale repetir. No final, sairá um resultado engraçado e divertido, totalmente diferente da frase original.


E que tal criar uma hortinha? Compre sementes de algumas hortaliças, vasinhos e terra e prepare uma tarde divertida ensinando os pequenos a plantar e a cultivar seu próprio alimento. Além de criar senso de responsabilidade, eles também entenderão que comer frutas e verduras é divertido! 


Chegou a hora de acampar, e nada melhor que explorar a casa para isso. Pegue lençóis, cadeiras, almofadas e monte uma barraca no meio da sala. Dentro, você pode colocar pisca-piscas, lanchinhos e fazer brincadeiras de sombra e contação de histórias! 


E, se você lembrar um pouco da sua infância, poderá se inspirar e divertir ainda mais os pequenos. Cabo de guerra, amarelinha, pula elástico. Pique esconde, pega-pega... inúmeras brincadeiras deliciosas que ajudam a criança a gastar energia, aprendem sobre força de vontade, espírito esportivo e trabalho em equipe! 


Não deixe seu pequeno no tédio. Com um pouco de organização e muita criatividade, dá pra passar o dia se divertindo!

Deixe seu Comentário